18 de outubro de 2016

Pele com rosácea? Aqui vão algumas dicas!

Certamente, já repararam em algumas pessoas com vermelhidões na cara, com hipersensibilidade a bastantes componentes, pessoas a queixarem-se de “pele a repuxar”, “desconforto”, “que ficam bastante vermelhas com as diferenças de temperatura”. Já se questionaram o que poderá estar a acontecer? O que poderá estar a desencadear estes fenómenos? Pois bem, muito provavelmente estarão na presença de alguém com rosácea.


Ui, rosácea? O que é isso?
Não se preocupem que eu passo a explicar.

A rosácea é uma doença inflamatória crónica que afeta o rosto, sendo mais comum em indivíduos de pele clara e em mulheres. Caracteriza-se por vermelhidão, vasos sanguíneos visíveis, pápulas e pústulas que podem surgir na testa, nariz ou bochechas (aqui podemos estar na presença de uma rosácea acneica, algo um pouco complicado de tratar), entre os 20 e os 50 anos. Esta patologia, tal como a acne, tem um impacto negativo na vida das pessoas, pois diminui a sua autoestima, provoca constrangimento social, depressão e ansiedade. Uma pele com rosácea é muito sensível e intolerante, sendo comum a sensação de picadas e ardor. Também os olhos podem ficar afetados, podendo tornar-se vermelhos, secos e com prurido.

Como diagnosticar?
Não existe nenhum teste de diagnóstico específico para a rosácea. Geralmente, o dermatologista faz o diagnóstico através da observação da pele afetada. A esta observação juntam-se normalmente algumas perguntas ao doente, sobre familiares que tenham rosácea, medicação que esteja a fazer, entre outras.

O que poderá, então, desencadear/facilitar o aparecimento desta patologia?
Não é conhecida a causa exata da rosácea mas pensa-se que os fatores genéticos e os fatores ambientais tenham um papel crucial no aparecimento da patologia. Aproximadamente um terço das pessoas com rosácea tem uma história familiar da doença, o que sugere que a genética é importante. Existem fatores que podem desencadear a rosácea e é necessário reconhecê-los para que se possam evitar. Estamos a falar: de exposição solar, stresse, calor, vento, exercício físico intenso, consumo de álcool, banhos demasiado quentes, frio, comidas picantes, humidade, ar condicionado/aquecimento, alguns produtos para o cuidado da pele ou bebidas muito quentes.

Como tratar?
Existem vários subtipos de rosácea e, como tal, vários tipos de tratamentos possíveis para esta patologia. Para além disso, muitas vezes é utilizado o laser para reduzir o aparecimento de vasos sanguíneos visíveis. É muito importante efetuar o tratamento de acordo com as indicações do médico (MUITO IMPORTANTE!). O tratamento para a rosácea pode ser muito eficaz na redução de pápulas e na melhoria da aparência da pele, no entanto é necessário estar consciente que é um processo que deve ser mantido, visto que a rosácea não tem cura. Geralmente, a terapêutica tem que ser efetuada a longo prazo, pois podem surgir recidivas. É costume ser prescrito um tratamento inicial para controlar a rosácea, seguido por outro tipo de tratamento de manutenção.

Quais os cuidados a ter com uma pele com rosácea?
É muito importante manter os cuidados de limpeza da pele, para controlar a rosácea. Assim, devem ser adotados os seguintes comportamentos:
- Utilizar uma loção de limpeza suave para limpar a pele de manhã e à noite, usando as pontas dos dedos para aplicar em todo o rosto
- Evitar produtos com ingredientes irritantes e que provoquem sensação de ardor, queimadura ou que causem vermelhidão: álcool, mentol, hortelã-pimenta, óleo de eucalipto ou óleo de cravo, são alguns exemplos
- Utilizar produtos sem perfume e de elevada tolerância. Se se optar pela utilização de produtos com perfume, é necessário verificar se o perfume se encontra no fim da lista de ingredientes, pois deste modo o produto terá menor conteúdo da fragrância
- Enxaguar o rosto com água morna para remover a loção de limpeza e utilizar uma toalha de algodão grosso para secar
- Esperar alguns minutos antes de aplicar qualquer medicamento ou produto para cuidado da pele, para que a pele do rosto seque completamente. Em caso de aplicação de algum medicamento tópico, esperar 5 a 10 minutos para que este seque, antes de aplicar qualquer creme hidratante fotoprotetor ou maquilhagem
- Os homens devem utilizar preferencialmente máquina de barbear elétrica em vez de uma lâmina e devem evitar loções de barbear ou aftershaves
- Manter a pele hidratada e fotoprotegida durante todo o ano (MUITO IMPORTANTE!)

Evitar:
- Banhos quentes ou saunas, pois podem desencadear ou agravar a rosácea
- Qualquer agressão à pele do rosto, como por exemplo, utilizar esponjas ásperas ou produtos agressivos ou irritantes.

Conhecem alguém com rosácea? Já conheciam estas dicas?
Contem-me tudo!

Até lá, bons post’s ;)

3 comentários:

  1. Tens alguma review? :P

    Tenho uma amia que "sofreu" com este problema. Não tinha a pele tão assim como a imagem, mas notava-se bastante! Vou dar-lhe a ler este post. Super completo como sempre!

    NEW FASHION POST | What to wear on a Job Interview.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  2. Obrigado :D

    Os chapéus estão a usar-se imenso de novo :D

    NEW REVIEW POST | Cien: Cover Make Up Concealer Perfect Nude.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  3. Também fiquei super curioso com a toma, para te ser sincero :')

    És como eu :P E adoro acumular livros :P
    Boa. Gosto disso :D

    NEW TIPS POST | Facial DETOX: Our skin needs it right now!!!
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar