29 de setembro de 2016

Cuidados a ter com a barba #1

Este texto já foi publicado numa das edições deste ano da revista online onde sou colaborador – a Blogazine. No entanto, achei por bem trazer ao blogue o referido texto que vos explica, rapazes, os cuidados que devem ter quer se barbeiem frequentemente, quer tenham uma barba comprida.


Irei começar com os cuidados para quem se barbeia diariamente e, num outro texto, os cuidados a ter para quem tem a barba comprida. Desengane-se que não são precisos cuidados porque são! E mais que quem se barbeia frequentemente. Não acreditam?

Um homem passa, em média, 150 dias da sua vida, ou seja, 10 minutos por dia, a desfazer a sua barba. Mas, se não for perfeitamente controlado, este gesto, que perturba o equilíbrio da pele, pode também traumatiza-la. Gestos inadaptados podem levar às seguintes complicações:

Pelos encravados – quando os pelos são muito finos, cortados no sentido contrário do mesmo ou têm tendência a enrolar, não chegam a sair da pele. Como resultado, desenvolvem-se por baixo, provocando borbulhas. Idealmente, deves barbear-te de manhã, respeitando o sentido do pelo. De seguida, deverás aplicar um creme hidratante à base de alfa-hidroxiácidos (AHA). Estes, reconhecidos como incentivadores do processo de esfoliação natural da pele, eliminam as pequenas células mortas acumuladas na superfície da pele, facilitando a saída do pelo.

Rubores – o barbear agride a pele. As mousses/geles de barbear, os after-shaves com álcool ou com mentol, bem como cuidados pós-barba pouco hidratantes, apenas agravam a situação. Tenta usar produtos com fórmulas sem álcool e indicadas para pele sensível. Eu cá prefiro um cuidado pós-barbear em bálsamo. Mais fácil de aplicar e a pele fica mais hidratada e mais suave. Acreditem! Experimentem e depois digam-me alguma coisa ;)

Repuxar da pele – o barbear empobrece a pele em lípidos, sendo que a película hidrolipídica da superfície da pele está na origem do seu conforto. Sempre que te barbeares usa os dois cuidados (creme de barbear e cuidado pós-barba) enriquecidos com agentes hidratantes para eliminar esse desconforto.

Cortes – habitua-te a trocar as lâminas pois quando estas estão velhas, deixam de cortar o pelo e arrastam-no.

Como contrariar estas situações? Simples! Idealmente, o barbear deve ser feito de manhã após o duche e em jejum. Porquê? De manhã, após o duche, o calor da água abre os poros. Em jejum, pois o ato de mastigar desencadeia um afluxo de sangue ao nível da epiderme, criando um risco de cortes mais significativo.

Já conheciam estas dicas?
Têm mais alguma que queiram partilhar?

Posteriormente, irei publicar os cuidados a ter para quem tem uma barba comprida.

Até lá, bons post’s ;)

10 comentários:

  1. Durante muitos anos e enquanto trabalhador, fui obrigado a desfazer a barba todos os dias. Foi algo que sempre originou algum problema... primeiro porque detesto barba, segundo porque sempre tive uma pele algo sensível, e por isso foi algo complicado até encontrar o produto certo, a lâmina certa e até a hora certa. Ainda tentei usar máquina de barbear mas ainda hoje só a uso para uma urgência ou "toque de última hora", em que não há tempo para mais.
    Hoje, já estou liberto de obrigações profissionais exigentes, mas mantenho alguns cuidados com a pele, porque como frequentador de ginásio e piscina tenho cuidados redobrados porque a minha pele, principalmente logo após ter desfeito a barba, não gosta muito de sentir o suor nem a água da piscina.
    Para além de cremes tenho por sistema desfazer a barba à noite em vez de o fazer de manhã... principalmente quando vou ao ginásio/piscina.
    Boas dicas ;)
    Tudo de bom
    :)
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu desfaço a barba desde os meus 13 anos e, como deves imaginar, primeiro que acertasse no melhor produto e "equipamento" ainda demorou alguma tempo. Também já experimentei com máquina por pensar que a preguiça iria embora mais depressa - não! Não resultou. Aliás, a minha pele ficava ainda mais irritada, principalmente no pescoço. Feliz e finalmente, encontrei uma lâmina óptima e três produtos de barba excelentes que fazem com que o barbear, no meu caso, não me custe nada! Até agradece. Eheh

      Quanto ao melhor momento, se desfizer à noite, sinto a pele mais suave e macia. Se fizer de manhã, tenho o mesmo problema que tu - com o suor há algum desconforto. Mas tendo em conta o meu ritmo de trabalho, é-me mais prático desfazer a barba de manhã.

      Grande abraço ;)

      Eliminar
  2. Hello hello :)
    1º. ADOREI a marca do OPSA na imagem :)
    2º. ADOREI o facto de trazeres um tema que tão bem abordaste na Blogazine para aqui.

    Excelente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 1º Quem criou o logo novo do OPSA é uma pessoa fixe! (Por isso é que adoras ahaha)
      2º Tinha que trazer um tema deste género no meu blogue ;)

      Biso*

      Eliminar
  3. "Fazer" a barba é um autêntico suplício. Durante muito anos era uma prática quase diária na minha vida mas felizmente deixei-me disso. Além de ser extremamente chato, a minha cara ficava sempre irritada, pelo que tinha obrigatoriamente que passar o aftershave depois. Felizmente nunca sofri de pelos encravados!

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desfazer a barba é o horror! Por vezes, dá aquela preguiça mas, por razões profissionais, barba comprida "parece mal" ;)

      Eliminar
  4. Só não sabia esse pormenor do jejum, mas também é meu habito fazer a barba antes do pequeno almoço. Agora o que acho de grande importância é o balsamo a usar, aí de facto gosto de usar um bom creme hidratante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tive que experimentar vários até acertar num que fosse bom para o meu caso. Aquele que eu uso (hiperligação no texto) para além de acalmar e apaziguar a pele depois do barbear, vai hidratar bastante essa zona (agredida pela lâmina) e, como bónus, vai retardar o crescimento do pêlo - ouro sobre azul :D

      Eliminar
  5. Muito obrigado Ricardo :D Também a adoro por causa disso :D

    Excelente post. Embora tenha pouca barba, é bom ver que estes cuidados já os tenho :D

    NEW GIVEAWAY POST | Anerkjendt Bomber Jacket Giveaway.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, ainda existem muitos homens que pensam que basta desfazer a barba, passar o rosto e já está. NÂO! Longe disso! São necessários cuidados e aprender certos truques (como alguns que digo neste texto) para que o acto de barbear não seja um suplício mas "algo que passe depressa e não chateie muito" :D

      Eu é que agradeço Miguel! ;)

      Eliminar