31 de março de 2016

Colagénio?! Sim, obrigado!

Intrigados? Eu passo a explicar. :)



Toda a gente já ouviu certamente falar do colagénio e das suas vantagens. Não só a nível articular mas também a nível da beleza da pele, quer por via oral, quer como cosmético. O sucesso do colagénio hidrolisado (mais à frente explico o porquê de estar a falar desta forma do colagénio) não é de hoje. Há já alguns anos que este composto conquistou o público feminino (e, nos dias de hoje, o masculino também) com a "promessa" de refirmar a pele. Desde essa altura, a sua procura tem aumentado a olhos vistos. E, com ela, o número de opções disponíveis no mercado com colagénio na sua composição. Apesar de ainda existirem poucos estudos sobre os benefícios da toma oral de colagénio, aqueles que existem demonstram efectivamente a eficácia do mesmo na pele.

O segredo desta substância reside no facto de ser uma proteína que o próprio organismo é capaz de produzir. Uma das suas principais funções é formar as fibras que dão sustentação à pele. O colagénio (produzido por umas células chamadas fibroblastos) encontra-se "naturalmente" na derme, onde também podemos encontrar a elastina e o tão famoso ácido hialurónico. Ao tomar suplementos orais com colagénio estamos também a beneficiar ossos e cartilagens, uma vez que também o encontramos "naturalmente" lá. Não só garantimos uma pele mais bonita e mais firme, como também um corpo mais funcional e um sistema osteoarticular mais forte.

Pesquisas mostram que, a partir dos 30 anos, mesmo com uma alimentação equilibrada, há uma perda anual de colagénio de aproximadamente 1%. Dos 50 anos em diante, a perda é bem mais drástica. A produção cai para apenas 35%, em média, sendo reportada a redução da elasticidade e da hidratação da pele, segundo as mulheres. É por isto que muitos dermatologistas consideram a suplementação com o colagénio hidrolisado importante a partir dos 30 anos e essencial depois dos 50.

Mas porquê a palavra "hidrolisado"?
O colagénio presente nos suplementos deverá ser hidrolisado, ou seja, passar pelo processo de hidrólise (a proteína colagénio foi quebrada em fragmentos mais pequenos) para que possa ser absorvido facilmente pelo organismo. No entanto, e para obter os resultados esperados, teremos que acertar na dosagem. Temos sempre que recorrer a um profissional de saúde devidamente qualificado, com formação específica na área, que nos possa informar sobre as vantagens e quais os melhores suplementos existentes no mercado, que acarretem os menores riscos e com os resultados mais promissores.

Na minha opinião, e tendo em conta a minha experiência profissional, no mercado, actualmente, existem dois suplementos com uma excelente composição e dosagem de colagénio, e bastante eficazes. Apresento-vos, em baixo, os mesmos (de salientar que esta publicação não é, de todo, patrocinada por qualquer das marcas que irei referir seguidamente. Comunico-vos estes dois pois, a meu ver, são os mais eficazes e promissores nos resultados que reivindicam):



Este é o único suplemento de colagénio 100% puro (cada cápsula tem 600mg), de elevada qualidade, cuja fórmula clinicamente comprovada, é rica em aminoácidos que são essenciais para a obtenção de uma pele saudável. O colagénio desta marca é produzido através de um processo enzimático único para obtenção de um colagénio com um baixo peso molecular. Cerca de 15% do total do colagénio assimilado vai estimular a produção natural de colagénio novo pelos fibroblastos. Os resultados dos testes clínicos revelaram 43,3% de redução da profundidade das rugas, 25.8% de aumento da hidratação e elasticidade da pele e 34,5% de diminuição do tamanho dos poros. Sim, com a idade, verifica-se um aumento do diâmetro dos poros. Porque é que isto acontece, perguntam vocês? O colagénio encontra-se presente nos "limites" (chamemos assim) dos poros. Sendo perdido ao longo do tempo, há perda desse "limite", levando a um relaxamento que, por sua leva, leva a um aumento do diâmetro dos poros (espero que me tenha feito entender). :)
Este suplemento deverá ser feito da seguinte forma: três cápsulas de uma só vez antes de deitar e, idealmente, o tratamento deverá ser de três meses. Se estiverem dispostos (monetariamente) a continuar com o tratamento, poderão fazê-lo sem quaisquer problemas.

Forté Pharma Expert Colagénio (em saquetas):
Este é um produto igualmente completo e rico em activos para ajudar a manter uma pele com aspecto liso e firme. Tem ingredientes de alta qualidade e biodisponibilidade e apresenta três acções principais: refirmante da pele - tem colagénio do tipo 1 (2135mg em cada saqueta) hidrolisado, na forma mais similar ao colagénio da nossa pele, com uma grande biodisponibilidade para uma melhor absorção e rapidez de acção e enriquecido com elastina, para uma acção anti-idade reforçada; regeneradora da pele - com vitamina A (manutenção de uma pele normal), vitamina C (formação normal de colagénio para assegurar a função normal da pele - mais para a frente possivelmente irei abordar este tema) e vitamina E e selénio (protegem as células do stress oxidativo); e protectora da pele - com extracto de romã, rico em antioxidantes, que protege os tecidos cutâneos. Deverá ser tomada uma saqueta por dia, diluída em água.

De salientar que grávidas e mulheres a amamentar não podem tomar este tipo de suplementos (muito cuidado com isto. Por isso vos recomendo vivamente a aconselharem-se com um profissional de saúde devidamente qualificado e não comprar este tipo de produtos - e outros - no supermercado ou espaços de saúde ou em sites da Internet duvidosos e sem a devida licença).

Espero não ter sido maçador com esta publicação (que já lá vai um pouco longa) e espero que tenham gostado da mesma. De vez em quando, virei aqui ao blogue falar-vos de mais temas deste género (quem não quiser, por favor, deixe o seu comentário). :)

Sem comentários:

Enviar um comentário