8 de dezembro de 2015

Desilusões...


Todos os dias aprendemos algo novo e todos os dias há sempre alguém ou alguma coisa que nos desilude. A questão que se coloca é esta: haverá essa necessidade? Haverá razão para que alguém se dirija a um outro alguém e tente ludibriar a primeira e tentar engana-la? Mas somos burros? Seremos assim tão ingénuos que levemos as outras pessoas a pensar que podem dar-nos todo e qualquer golpe que nós não vamos reparar que não passa disso, um golpe?

Pior ainda quando falamos de alguém da geração dos nossos pais, logo com idade suficiente para ter juízo, e que pensa que, por eu ser um miúdo (ao lado desse alguém), pode dizer e fazer o que quiser e que me pode enganar?

Não sou rancoroso mas sinceramente esse alguém já não me vai ver um sorriso da mesma forma que via até agora. Chega sempre a altura em que temos de ser frios e "dar uma lição" às pessoas e mostrar-mos que nos apercebemos da jogada desse alguém e que vamos estar muito atentos aos seus próximos passos.

Simplesmente, esse alguém acabou de me afastar...


Sem comentários:

Enviar um comentário