13 de novembro de 2015

"This is my Ghetto... Welcome to my Ghetto..."

Esta semana saiu para a comunidade digital, e para conhecimento geral, o videoclip do novo single do cantor Carlos Costa - "My Ghetto". Para quem não se recorda dele, ele foi concorrente da terceira edição do programa Ídolos, onde ficou em terceiro classificado (edição onde Filipe Pinto se sagrou vencedor).

Depois disso, ele participou num outro programa - The Voice - e, mais recentemente, no brilhante e maravilhoso programa de televisão que contribui imenso para o aumento do nosso nível de cultura A Quinta (mais valia ele ter continuado lá porque para vir cá para fora fazer estas lindas figuras publicamente vai lá vai).

Voltando ao tema principal, deixo-vos aqui o tão grande e espectacular videoclip. Regozijem-se:




"This is my ghetto.... welcome to my ghetto...". Catchy, não?

Por onde começar? Sim, porque este vídeo prima pela idiotice, pelo ridículo e pelo amor pelo azeite que uma pessoa tem dificuldade de organizar as ideias...

Primeiro que tudo, respeito as opções de cada um, as escolhas que cada um faz mas sejamos sinceros: Carlos Costa aqui neste vídeo (bem como fora dele) não transpira, de longe, uma figura masculina. Não me interpretem mal mas não existem muitos homens que se vistam, se maquilhem (neste caso em particular nem mulheres) e se mexam como ele neste vídeo.

Estamos perante um caso em que um homem está muito próximo de uma figura feminina (figura andrógina, dizem). A maneira como se veste, como dança no primeiro refrão (de notar a cara de falso contentamento do ex-concorrente do Achas que Sabes Dançar temporada 2 - Gonçalo Cabral - por estar a participar neste videoclip...), a dança no varão, qual stripper, qual quê, entre outros.

Mais para o final há um close-up da cara dele, em que esta se encontra centralizada no ecrã e de cada lado vemos dois rabos a fazer uma dança bastante conhecida actualmente - o twerk -, e bastante apreciada pelos homens, e bastante frustrante para algumas mulheres (pois há quem tente fazer twerk mas não consiga nem chegar perto disso...) e a meio do ecrã vemos todo um glitter dourado a atravessar o ecrã que parece que está a sair dos rabos e a ir para a cara do cantor. Será que estão a tentar mandar alguma mensagem?

Até aqui tudo "muito bem". Eis senão quando no final do vídeo (para acabar em beleza, será?) vemos o próprio Carlos Costa a fazer twerk! Sim, leram muito bem, o próprio a fazer twerk!!!!!!!!!! No momento em que vi esta cena pela primeira vez, fiquei traumatizado e liguei à minha terapeuta a ver se me dava algum choque eléctrico para ver se acordava do transe em que entrei mas sinceramente acho que não há pessoa que não fique traumatizada quando vir este vídeo até ao fim.

Mulheres: esta mensagem é para vocês! Se vocês querem começar a dominar toda a arte do twerk, vejam e revejam e voltem a ver e a rever este vídeo pois este menino tem muito para vos ensinar. Só espero que não fiquem traumatizadas (se bem que há essa probabilidade).

Qual a vossa opinião sobre este brilhante e soberbo vídeo? Sintam-se à vontade para comentar!

1 comentário: