11 de outubro de 2015

A minha experiência com: #1 | DVINE - parte 2

Lembram-se de vos ter dito que já tinha experimentado dois produtos da DVINE e que brevemente vos iria falar dos outros dois que tinha recebido?

Pois bem, hoje venho falar-vos de um outro produto que já acabei de usar: DVINE Esfoliante com Películas e Grainhas de Uva.

Segundo a marca, este esfoliante "Elimina as impurezas e as células mortas, ao mesmo tempo que estimula a renovação celular e ilumina a pele. Graças a microsferas de Grainhas de Uva pulverizadas e Extracto de Bambu, numa base emoliente de Cana-de-Açúcar e Xarope de Ácer, afina o grão da pele, limpa em profundiade e desbloqueia os poros, sem agredir nem secar. Contém Extractos de Pepino, Mirtilo e Ácido Láctico, com propriedades desagregantes e esfoliantes."

Como a minha pele é oleosa, e após contactar uma das meninas da marca, foi-me dada indicação de colocar este esfoliante em pele seca, massajando em movimentos circulares na zona T (testa, nariz e queixo), passar pela zona V (maçãs do rosto), evitando o contorno de olhos, e enxaguar de seguida, continuando a usar as massagens em movimentos circulares para remover completamente este produto do rosto. Fazer isto duas vezes por semana.


Finda a embalagem, posso dizer-vos que este esfoliante é óptimo. A pele fica mesmo lisa e homogénea e o grão de pele mais fino. Fica-se realmente com aquela sensação de cara limpa e, passando os dedos, sentimos que não existem quaisquer imperfeições e notamos que a pele não está irregular. O cheiro, tal como os restantes produtos da marca, não é muito forte. É um cheiro agradável, nada excessivamente feminino (o que pode perfeitamente ser utilizado por homens, sem correrem o risco de ficarem constrangidos com o cheiro) e muito neutro. A embalagem, utilizando duas vezes por semana, dura quase três meses. Não precisam de colocar grande quantidade de cada vez: apenas o suficiente para cobrirem o rosto todo. Nem convém exercerem demasiada pressão aquando a massagem senão sofrem o chamado "efeito rebound", ou seja, a massagem é encarada pelas glândulas sebáceas como uma agressão à pele e como defesa produzem ainda mais sebo, o que vai conferir uma maior oleosidade à pele. (algo que ninguém quer pois ninguém gosta!!)

Recomendo vivamente a compra deste produto pois tem tudo para ser um dos vossos melhores amigos na rotina de pele.

NOTA: este post não é, de todo, patrocinado pela marca. Falo da marca e dos produtos por ser uma marca que acompanho praticamente desde o seu nascimento e sinto um grande carinho pela mesma.

Sem comentários:

Enviar um comentário